Proposta do Curso

Tempo de brincar, sonhar, aprender e ser feliz

O grande segredo do nosso trabalho está no modelo curricular de base interdisciplinar, que requer da escola uma postura criativa, ousada e com uma nova concepção de organização do saber. Permite aproximar a escola da vida real, onde a criança é desafiada a resolver situações-problema, possibilitando aprender brincando e descobrir o prazer de construir o próprio conhecimento, sendo incentivada a avançar e realizar representações mentais, através de atividades prazerosas, contextualizadas e integradas num todo coerente e significativo que estimule a curiosidade, observação, iniciativa, imaginação, reflexão, senso crítico, autoconceito, autoestima, autonomia, empreendedorismo, criatividade, cooperação e a co-responsabilidade.

Para nós, cada criança é um ser único, que nasce com potencial para aprender. O trabalho com projetos possibilita que essa capacidade se desenvolva através de desafios, da interação com o mundo, da experimentação com o objeto de conhecimento e da reflexão sobre a ação e da mediação do “outro”, estimulando a criança a viajar no maravilhoso mundo do pensamento e emoções, para que se sinta bem consigo mesma, administrando seus sentimentos, estabelecendo vínculos positivos e desenvolvendo o conhecimento, habilidades, competências e valores.

Nosso trabalho visa promover estímulos sensoriais ao bem falar, “ler”, saber escutar, saber ser, saber se expressar de diferentes formas, descobrindo o mundo e se conhecendo melhor. Dessa maneira, a aprendizagem é estimulada por meio de uma relação afetiva e rica em vivências significativas que permitam a exploração, a interação com o meio, com o outro e o contato com diferentes realidades, através de estudos do meio e da utilização de 21 espaços diversificados.

Com uma metodologia fundamentada nos princípios da escola, os professores acompanham o processo de ensino/aprendizagem através de atividades interativas, integrando escola e família.

As relações interativas entre as crianças, bem como professores e crianças, crianças e outros adultos são fundamentais para o desenvolvimento de cada um e do grupo, pois possibilitam trocas de experiências e de informações, estimulam a reflexão, a pesquisa, a análise, a iniciativa, a participação, a formação de conceitos e valores e o fortalecimento do autoconceito positivo. Nosso projeto pedagógico tem um compromisso com a formação de pessoas conscientes do seu papel como cidadão.

Avaliação

O professor caminha lado a lado de cada criança, interferindo nos momentos adequados, provocando análises, mediando o conhecimento para que o aluno se desenvolva e acredite que é capaz. Ao avaliar o processo ensino / aprendizagem / desenvolvimento, o professor está avaliando o seu fazer para que possa replanejar suas ações e assim contribuir com o processo de cada aluno.

Ética e Ensino Religioso

Nosso trabalho não acontece em aulas separadas, pois sendo o homem um ser de relações, contextualizado no tempo/espaço, ele só vai poder conhecer, amar, respeitar, valorizar e transformar a si e ao “outro” se suas relações forem ricas de vivências que possibilitem interagir com o outro, refletir, avaliar e redimensionar suas ações. Religião e vida estão em todo lugar, em todo momento.

A integração com todas as áreas do conhecimento vem possibilitar esse movimento e permitir à criança uma visão de totalidade, para que ela seja capaz de olhar o mundo com outros olhos, sendo ética e desenvolvendo valores.

Linguagem e Alfabetização

As relações que a criança estabelece com o mundo são mediadas pela linguagem: fala, gesto e ação. A linguagem é fundamental na orientação da ação, na construção do conhecimento, na constituição do pensamento e na organização das experiências. Deste modo a alfabetização deve estar em sintonia com essa concepção. Ela é vista por nós como um processo dinâmico, que vai se constituindo através das relações.

A alfabetização está presente na intencionalidade do ensino de Educação Infantil, mas dentro de um contexto onde todas as atividades realizadas tenham um significado real para a criança, enriquecendo suas experiências de vida, desenvolvendo sua criatividade literária, sua paixão pela leitura, e elaborando seu conhecimento da língua. O processo do aluno é considerado, porém o professor tem um papel fundamental como mediador.